terça-feira, 6 de setembro de 2011

Deus te ama

Deus é muito bom,e Ele existe "SIM" assuma uma responsabilidade com ele..

Duvidando da existência de Deus

Um homem foi cortar o cabelo e a barba. Como sempre acontece, ele e o barbeiro ficaram conversando sobre várias coisas, até que – por causa de uma notícia de jornal sobre meninos abandonados – o barbeiro afirmou:

“Como o senhor pode ver, esta tragédia mostra que Deus não existe”.

“Como?”

“O senhor não lê jornais? Temos tanta gente sofrendo, crianças abandonadas, crimes de todo tipo. Se Deus existisse, não haveria sofrimento”.
O cliente ficou pensando, mas o corte estava quase no final, e resolveu não prolongar a conversa. Voltaram a discutir temas mais amenos, o serviço foi terminado, o cliente pagou, e saiu.

Entretanto, a primeira coisa que viu foi um mendigo, com barba de muitos dias, e longos cabelos desgrenhados. Imediatamente, voltou para a barbearia, e falou para
a pessoa que o atendera:

“Sabe de uma coisa? Os barbeiros não existem”.

“Como não existem? Eu estou aqui, e sou barbeiro”.

“Não existem!”, insistiu o homem. “Porque se existissem, não haveria pessoas com barba tão grande, e cabelo tão desgrenhado como o que acabo de ver na esquina”.
“Posso garantir que os barbeiros existem. Acontece que este homem nunca veio até aqui”.

“Exatamente! Então, para responder sua pergunta, Deus também existe. O que passa é que as pessoas não vão até Ele. Se o buscassem, seriam mais solidários, e não haveria tanta miséria no mundo”.

Um comentário:

  1. Boa noite,
    Seguindo esta lógica, torna o argumento falho pois:
    Evidenciamos o menino abandonado, o barbeiro, o mendigo e o cliente.
    Não evidenciamos deus.
    Outra falha na explicação é que: as pessoas não precisam de deus para serem solidárias. Um ateu poderia ser solidário com o mendigo.
    Vou além: quem se predispõe ao outro, automaticamente anula um ser transcendental onipotente.

    ResponderExcluir